Pare de procurar eternamente, a felicidade está ao seu lado.

Depois de muito tempo volto aqui para contar algo que me deixou muito feliz…

7239casal Hoje foi um dia muito especial, minha namorada leu para mim algo que ela havia escrito a algumas semanas, e fiquei muito feliz com o que escutei.

Sendo assim, resolvi compartilhar com vocês o que ela escreveu… claro… com a autorização dela… apenas irei omitir o nome e usar um apelido: Fenix

“Multicolorido exatamente igual…

Se tão igual tão diferente…

É do meu instintovoar atrás da liberdade, mas você vem e muda meu curso, faz eu querer pensar, me achar, ao invés de voar; não sei porque disso… (o que é assustador).

Mas me sinto confortável com essa situação quando olho nos seus olhos, pois o medo se vai e ao mesmo tempo que me perco, me encontro no fundo dos seus olhos; olhos estes difíceis de decifrar, extremamente intenso… hipnotizador…

Fortaleza, era o meu nome, e acreditava que era impenetrável; calculava tudo friamente, todos os meus atos, minhas exposições… isso com o intuito de não permitir à aproximação de qualquer ameaça ao alicerce da minha fortaleza, para isso levava a vida fazzendo não me importar com o vazio e com a pedra que eu insistia em chamar de coração.

Agora sei, tudo foi em vão; pois hoje percebo que toda segurança que eu demonstrava ter, não sentia na realidade.

Quanto mais segura eu queria ser, mais vulnerável me tornava… No fundo talvez eu soubesse disso, mas como agora, é praticamente impossível reconhecer isso.

No meio de toda essa turbulência de pensamentos e sentimentos não sei onde veio e nem como, mas fui atingida por uma onda de mudanças, mudanças estas que ainda não sei definir… se são boas, ou ruins… isso só o tempo dirá. No momento me limito a dizer que de fortaleza passei a refém, refém dos sentimentos que me consomem; por isso hoje meu coração chora mais uma vez, mas isso não é de todo ruim, pois afinal ele está lá, pulsando, vivo enfim.

Você que é minha prisão e minha liberdade, meu ideal e minha contradição, meu reflexo no espelho e meu desespero; a Você dedico o meu melhor, a minha essência, os meus sentimentos mais nobres, que hoje transbordam da antiga Pedra…”

– Fenix

Ouvindo: Dr. Hook – Sharing the night together

———————————–

Aproveito para pedir desculpa por não responder alguns comentários que foram feitos… mas vou trabalhar nisso em breve…

abraços

S.G.

Anúncios

~ por Don em quarta-feira, 22 outubro, 2008.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: